Cada Instante...

Desde que minha neta nasceu, estou tentando ajudar minha nora com as minhas netinhas e seu restabelecimento indo à sua casa para fazer almoço e em coisas pequenas, principalmente neste período de pandemia, onde não há aulas e as meninas em casa.


Dia sim e dia não tento auxilia-la indo até Santa Mônica, um bairro daqui de Guarapari que fica cerca de 8,6 km da minha casa, e sempre que chego, Agatha, a mais nova (que agora é a do meio) vem correndo e me abraça e logo sai pra brincar.. Estão na fase de adaptação com a chegada da nova integrante da familia, Eliza.


Nestes momentos tenho revivido alguns de meus momentos com meus filhos tentando lembrar de como foi minha vida corrida quando os tive, pois assim que me mudei para Ibatiba depois que me casei, comecei minhas aulas particulares e depois fui trabalhar na Escola Estadual Maria Trindade de Oliveira onde fiz muitos amigos ali, e sempre me mantive ocupada.


Dei aulas de Português, Geografia, Didática, Fundamentos I e II ( Filosofia e Sociologia), enfim, estava sempre ocupada e ainda dava aulas de piano e violão. E meus filhos foram crescendo ali, brincando na pracinha em frente a nossa casa. Uma vida bem corrida.


Mas voltando a realidade aqui, meus instintos de professora nunca me abandonaram, e sempre que estou com Isabel ou Agatha, tento verificar o que estão aprendendo ou somente crio algo para que estejam sempre ocupadas aprendendo algo.


O que me deixa totalmente completa é que eu esteja sempre com a agenda cheia... com algo útil para sempre completar a tarefa e me sentir realizada.


Porém, eu preciso de um tempo para mim, como qualquer outra pessoa. E ultimamente, é o que mais tenho, como muitos que estarão lendo este post.


A ideia é valorizar cada minuto, cada instante na minha vida para que tenha valido a pena.


A tarefa de hoje com Agatha foi ensiná-la adição de uma forma simples e que pudesse fazê-la estar à frente quando as aulas retornarem. Aproveitar o instante em que estava comigo ali.


O joguinho da Adição foi copiado de uma ideia que aprendi nas redes sociais. Explico aqui no video para ela. Usei os pregadores de roupas escrevendo a numeração de 1 a 10.



Num outro pedacinho de madeira, o mesmo que veio com o pregador, escrevi o sinal de adição de um lado e de subtração do outro. Vejam como funciona no video abaixo:




O que aprendo aqui é que todos precisamos ter um tempo com nossos familiares, nossos amigos, nossos irmãos mais chegados, enfim, o principal, um momento com Deus, e isso é primordial.


Tento começar o dia sempre ouvindo a palavra de Deus, cantando para Ele, agradecendo a noite que tive e pedindo pelo dia que se inicia.


Esses momentos, são a melhor parte do dia para mim. Porque depois disso, tudo se torna mais fácil no restante do dia.


Uma boa e acolhedora noite a todos!


Marilza Loubach


Segue mais uma brincadeirinha de juntar as vozes e instrumentos pra preencher nosso dia.


0 visualização

Marilza Loubach

SITIO INDAYASSU

ALTO JEQUITIBA - MG - 36976-000 - BRAZIL

CNPJ: 34156819000164

Para perguntas entre em contato com a autora

 marilzaloubach@gmail.com

Guarapari ES - Brasil

Inscreva-se para receber notícias e atualizações
de Marilza Loubach

© 2023 by Daniel Lunsford. Proudly created with Wix.com

0
This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now