Comprar os pobres

...“dizendo: Quando passará a Festa da Lua Nova, para vendermos os cereais? E o sábado, para abrirmos os celeiros de trigo, diminuindo o efa, e aumentando o siclo, e procedendo dolosamente com balanças enganadoras, para comprarmos os pobres por dinheiro e os necessitados por um par de sandálias e vendermos o refugo do trigo?” ‭‭Amós‬ ‭8:5-6‬ ‭ARA‬‬

Amós era boieiro (pastor de bois, conhecido no Brasil como boiadeiro) e cultivador de figueira na cidade de Tecoa, Judá, a uns 17 quilômetros de Jerusalém e 10 quilômetros ao sul de Belém, no tempo do rei Ozias de Judá e do rei Jeroboão de Israel. Seu nome significa “carregado ou carregador de fardos” . Não foi um profeta profissional e não pertenceu a nenhum grupo organizado de profetas. Amós não foi criado para ser um profeta. Ele não recebeu treinamento especial em alguma escola para formar profetas. Era apenas um homem comum, vivendo sua vida normal, quando sentiu-se chamado por Deus para falar em seu nome. Amós mesmo declarou:

Não sou profeta nem discípulo de profeta. Foi o Senhor Deus que me tirou de detrás do rebanho e me ordenou: vai profetizar contra Israel, o meu povo.“ Amós 7:14

O livro de Amós é datado de 760-755 a.C. E seu contexto e suas palavras ecoam hoje como se estivera aqui conosco pregando para o povo que aqui está, agindo como estão.


Seu livro nunca foi tão atual, como hoje.


A Bíblia nunca deixou de ser atual. Em todos os contextos da nossa vida, sempre vemos aquilo que o proprio Salomão disse em seu livro de Eclesiastes 3:15:

”O que é, já foi; e o que há de ser, também já foi; e Deus pede conta do que passou.“

Observem que Amós denuncia as irregularidades e pecados do povo, quando diz que procedem enganosamente ao venderem produtos que não estão de acordo com o peso declarado, com balanças encanadoras, comprando assim os pobres por dinheiro e os necessitados por um par de sandálias e vendem o refugo do trigo. Já não nos parece familiar? Quantas vezes a própria Palavra de Deus vem nos revelar algo que ja passou e ainda é atualíssimo?


Mas ainda assim, mesmo com todas essas denuncias e problemas da época, sempre há uma palavra de conforto e de esperança para aquele que espera pelo Senhor Deus.


No Capitulo 9 do seu livro, ele diz:


“Naquele dia, levantarei o tabernáculo caído de Davi, repararei as suas brechas; e, levantando-o das suas ruínas, restaurá-lo-ei como fora nos dias da antiguidade; para que possuam o restante de Edom e todas as nações que são chamadas pelo meu nome, diz o Senhor, que faz estas coisas.” ‭‭Amós‬ ‭9:11-12‬ ‭ARA‬‬

Deus manifesta sua ira, castigando o seu povo, permitindo vir a justiça dEle sobre o seu povo para que aprendam a depender dEle. E deixá-lo trabalhar e fazer o que Ele havia planejado para nós.


Sempre haverá uma esperança para os que nEle esperam.


Confia em Deus. Ele tem cuidado de nós.


Boa noite,


Marilza Loubach









8 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
  • Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • Instagram

Marilza Loubach

SITIO INDAYASSU

ALTO JEQUITIBA - MG - 36976-000 - BRAZIL

CNPJ: 34156819000164

Para perguntas entre em contato com a autora

 marilzaloubach@gmail.com

Guarapari ES - Brasil

Inscreva-se para receber notícias e atualizações
de Marilza Loubach

© 2023 by Daniel Lunsford. Proudly created with Wix.com

0
This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now