O BARCO

““E ele disse aos seus discípulos que lhe tivessem sempre pronto um barquinho junto dele, por causa da multidão, para que o não comprimisse,” ‭‭Marcos‬ ‭3:9‬ ‭ARC‬‬

Você ja foi incomodado por alguém em algum momento de sua vida que teve que se afastar dela?


Num certo dia, estava cuidando dos cabritos e vi duas delas deitadas. São irmãs. e como nós, seres humanos elas também tem suas características próprias. Uma é tranquila, estava quieta querendo sossego, e a maiorzinha deitada do lado dela, bem perto, e ficava com o focinho mexendo na orelha da irmã. A toda hora sem parar, e por vezes mordia como que brincando e a irmã quase dormindo tinha que mover com a cabeça batendo no queixo da outra pra parar. E assim foi até que se levantou como uma forma de se manifestar que tinha sido vencida. Imagino até ela dizendo pra outra: “Ok voce venceu! Vou levantar daqui!”

É tão interessante o que tenho verificado com os animais que cuido aqui no Sitio Indayassu que me faz ver que animais e “gente” tem comportamentos as vezes parecidos.


Lendo a Biblia no livro de Marcos, vemos numa forma breve o relato deste apóstolo sobre os acontecimentos na vida de Jesus aqui na terra. Naquela ordem, nenhum deles se sobrepõe em importância o fato de que Jesus é Deus. A todo momento Jesus demonstra seu poder e quando é confrontado pelos fariseus Ele prova a que veio, e até hoje nós temos isso como respaldo para crermos em Sua Palavra e seguirmos fazendo o que Ele nos ordenou que é pregar a Sua Palavra e relatar que ele cura e salva a todos os perdidos e pecadores que somos nós, desde que o aceitemos e creiamos que Ele é Deus.

Após aquela sequência de acontecimentos nos capitulos 1 a 3 de Marcos, eu me deparei com algo bem simples que foi no capitulo 3, quando a multidão já sabe que Jesus cura e salva e começam a segui-lo e juntar multidão de pessoas acabando por aperta-lo.

Interessante que em outras versões, não é registrado dessa forma, mas nas versões Almeida Revista e Corrigida (ARC) e Nova Almeida Atualizada (NAA), sim. A seguir vemos o motivo do ajuntamento:

“Então recomendou aos seus discípulos que sempre lhe tivessem pronto um barquinho, por causa da multidão, a fim de não o apertarem. Pois curava muitas pessoas, de modo que todos os que tinham alguma enfermidade se esforçavam para chegar perto, a fim de poderem tocar nele.” ‭‭Marcos‬ ‭3:9-10‬ ‭NAA

‬‬Hoje mais do que nunca, percebemos como necessitamos da cura. Como todos correm em busca dela. Naquela época o Senhor Jesus foi apertado de tal forma que ele procurou um meio de ser aliviado, e essa forma foi entrar no barco, fazendo com que se distanciasse um pouco das pessoas. Mas uma coisa eu posso dizer:

- Todos os que foram ter com Ele, saíram dali curados!


E você? Já veio ter com Ele? Já encostou em Jesus? Já recebeu a cura? Conhece alguém que está doente? Tem familiares doente?

Pois saiba que Jesus é o mesmo e ainda está disponível aqui no meio de nós. Basta clamarmos pelo nome dEle e a cura vem. Se crer. Assim como Ele fez com aquela multidão. Ele nao mandou ninguém embora. Só pediu um barquinho para que pudesse se aliviar da “compressão” mas continuou ali no meio deles.


Incomode Jesus até que seja achado por Ele.


Me faz lembrar do corinho que aprendíamos na EBD (Escola Biblica Dominical) quando éramos criança.

“Meu barco é pequeno e grande é o mar,

Jesus segura minha mão

Ele é meu piloto e tudo vai bem

Na viagem pra Jerusalem.


Meu barco sem Cristo ano céu nao irá

Nas águas se afundará

Mas quando Jesus meu barco guiar

Ao céu poderei alcançar.


Um bom e abençoado dia!


Marilza Loubach





8 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

A figueira ja floresceu

Bom dia! Vou literalmente compilar a matéria produzida no site guiame.com.br , referindo-se à mensagem da Missionaria Edméa Williams...

  • Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • Instagram

Marilza Loubach

SITIO INDAYASSU

ALTO JEQUITIBA - MG - 36976-000 - BRAZIL

CNPJ: 34156819000164

Para perguntas entre em contato com a autora

 marilzaloubach@gmail.com

Guarapari ES - Brasil

Inscreva-se para receber notícias e atualizações
de Marilza Loubach

© 2023 by Daniel Lunsford. Proudly created with Wix.com

0
This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now